5 atividades para aliviar o estresse e soltar a criatividade

Criar um diário ou promover uma sessão de cinema em casa são boas opções para a quarentena

Por Diogo Rodriguez -Nova Escola

 

Em tempos de mudanças rápidas e profundas, a escola pode ajudar os alunos a lidarem com o novo cenário da covid-19 promovendo atividades que sejam prazerosas e criativas. Elas podem ajudar a aliviar o estresse das crianças, ao mesmo tempo em que exercitam o intelecto e a reflexão.

Veja, a seguir, atividades que o professor pode propor sugeridas pela psicopedagogia Alcione Marques e a educadora Marisa Szpigel, da Escola da Vila.

Diário da pandemia

A ideia é criar um diário virtual ou físico onde os alunos expressem como estão se sentindo durante este período. Ele pode tomar diversas formas: texto, imagens, vídeo, enfim, a maneira que for mais significativa para cada criança. Periodicamente, promova atividades de discussão com seus alunos para ouvi-los e perguntar se algo os supreendeu, se existe algum tema recorrente no diário e se a atividade os ajuda a lidar com as incertezas da pandemia. Para ilustrar a ideia, dê exemplos de diários históricos ou literários.

Sessão de cinema a distância

Para aliviar o distanciamento social, você pode propor que os alunos se juntem online em grupos para assistir a filmes e séries em conjunto. A atividade pode ajudar a reforçar um senso de propósito e conexão entre as crianças. O conteúdo assistido torna-se um objeto de discussão com orientação do professor. Faça uma seleção de quais filmes, séries e vídeos os alunos poderão escolher e mapeie as questões que podem suscitar discussões.

Clube do livro

Outra maneira de reforçar o senso de comunidade e compartilhar uma tarefa é sugerir a leitura conjunta de um livro. Sugere-se um título a ser lido pela classe e, posteriormente, discutido. É recomendável que o livro escolhido seja de interesse dos alunos para incentivar tanto a leitura quanto a discussão.

Usar o lar como inspiração

Neste período, as crianças estão passando muito tempo diante de dispositivos e telas. Por isso, pode ser interessante propor que os alunos realizem tarefas que envolvam o ambiente ao seu redor, sua própria casa. Por exemplo, podem escolher um objeto significativo do lar e fazer uma reflexão a respeito de sua relação com ele ou fazer um retrato do objeto, seja em foto ou desenho.

Projetos manuais

Outra forma de incentivar os alunos a deixarem o mundo virtual por alguns instantes e pedir que realizem projetos usando habilidades manuais: cartazes, maquetes, máscaras, esculturas, enfim, qualquer mídia que permita o trabalho com as mãos.